AO VIVO
Auto Programação
Liberal FM

FONE LIBERAL

WHATSAPP LIBERAL

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Com estrutura ociosa por falta de recursos públicos, Hospital de Esperança passa a atender pacientes com convênio particular | Presidente Prudente e Região


O Hospital de Esperança (HE) de Presidente Prudente (SP), que é especializado no tratamento de pacientes com câncer, formalizou nesta quinta-feira (27) o contrato de prestação de serviços junto ao plano de saúde particular Unimed. A iniciativa objetiva a utilização de parte da estrutura do hospital – que atualmente está ociosa por falta de recursos financeiros públicos – e a diminuição da crise enfrentada.

A medida busca reduzir o déficit mensal de mais de R$ 2,2 milhões que a unidade oncológica enfrenta.

Segundo o Hospital de Esperança, inicialmente, os atendimentos do convênio representarão cerca de 20% da capacidade total, mas podem se estender para 40%.

Serão ofertados os tratamentos de radioterapia e quimioterapia, consultas ambulatoriais, cirurgias, exames e internações.

“O início desses atendimentos não representa a diminuição dos atendimentos dos pacientes do Sistema Único de Saúde [SUS]. Hoje nós atendemos além do teto repassado pelo governo federal por meio da gratuidade e esses atendimentos são custeados com recursos de doações da comunidade”, explica o hospital.

Entretanto, mesmo com a instituição excedendo os atendimentos custeados pelo SUS, há uma fila de mais de 100 pacientes que esperam para iniciar o tratamento.

“Esses pacientes estão na fila da Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde [Cross] aguardando para serem direcionados para o HE ou para o Hospital Regional [HR]. Mais do que nunca, necessitamos da ajuda dos municípios da região para superarmos essa crise e acolhermos essas pessoas que aguardam uma vaga. O tratamento contra o câncer exige pressa e não pode parar”, salienta a instituição.

O Hospital de Esperança (HE) de Presidente Prudente (SP), que é especializado no tratamento de pacientes com câncer, formalizou nesta quinta-feira (27) o contrato de prestação de serviços junto ao plano de saúde particular Unimed — Foto: AI/Hospital de Esperança

O Hospital de Esperança (HE) de Presidente Prudente (SP), que é especializado no tratamento de pacientes com câncer, formalizou nesta quinta-feira (27) o contrato de prestação de serviços junto ao plano de saúde particular Unimed — Foto: AI/Hospital de Esperança

O credenciamento do HE ao SUS ocorreu em junho de 2021. A inauguração do credenciamento contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) em agenda oficial em Presidente Prudente em julho daquele ano.

Tratou-se de um longo processo de habilitações de serviços que o hospital concretizou passo a passo. Para chegar em condições de recebê-lo, a unidade especializada em oncologia teve de cumprir todas as exigências do SUS.

Ou seja, antes do credenciamento, o hospital já tinha de estar em pleno funcionamento e oferecendo todos os atendimentos para conseguir a habilitação como Unidade de Assistência de Alta Complexidade (Unacon).

O custeio desses serviços foi realizado com reserva própria do hospital e sem nenhum tipo de contrapartida. Dessa forma, após o credenciamento, a instituição necessita do reajuste do repasse do SUS, visto que o valor oferecido ao HE é o mesmo oferecido anteriormente à Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente – que abriu mão do seu credenciamento em oncologia para que o HE pudesse obtê-lo.

“Entretanto, o repasse para a Santa Casa custeava 12 leitos de oncologia e nunca será suficiente para manter toda a estrutura da nossa instituição. Somos um hospital especializado que atende os 45 municípios do Departamento Regional de Saúde [DRS-XI]”, pontua o HE.

O pedido do aumento do repasse já foi solicitado para o governo federal, entretanto, a instituição ainda não teve retorno.

“Sem um sinal das autoridades governamentais, corremos risco, pois o início dos atendimentos via Unimed não bastará para manter a nossa estrutura. Por isso, pedimos para a população que continue ajudando como puder. Esse hospital foi construído pela comunidade. Precisamos unir forças para garantir um tratamento digno e humanizado aos nossos pacientes”, conclui a entidade.

A TV Fronteira solicitou um posicionamento do Ministério da Saúde sobre o assunto, mas até o momento desta publicação não recebeu resposta.



Fonte: G1

FACEBOOK

Contato Ouvinte:
(18) 3822-1218
(18) 99668-9200 (Whatsapp)
liberalfm@liberalfm.com.br

Contato Comercial:
(18) 3821-4340
luisjacon@liberalfm.com.br
luisjacon@hotmail.com

Onde Estamos:
Rua Monte Castelo, 941 – Centro,
Dracena – SP, CEP: 17900-000.

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Liberal FM - Todos os Direitos Reservados.