AO VIVO
Auto Programação
Liberal FM

FONE LIBERAL

WHATSAPP LIBERAL

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Justiça concede liberdade provisória a motorista que atropelou e matou idoso em Presidente Prudente | Presidente Prudente e Região


A Justiça concedeu liberdade provisória ao homem, de 27 anos, que atropelou um idoso, de 77 anos, nesta sexta-feira (15), em Presidente Prudente (SP). Conforme a Polícia Civil, a vítima morreu no local e o condutor foi preso por embriaguez ao volante.

O acidente foi por volta das 6h. Conforme a Polícia Militar, o idoso atravessava a Avenida Hiroshi Yoshio quando foi atingido pelo veículo, com placas de Presidente Prudente (SP), que seguia em direção à Avenida 14 de Setembro, no Parque do Povo.

Conforme o Boletim de Ocorrência, quando a Polícia Miliar chegou ao local, a vítima já tinha sido socorrida e levada para o HR.

Os policiais perceberam que o motorista do carro, de 27 anos, “apresentava sinais de embriaguez como odor etílico, olhos avermelhados e nervosismo”.

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

  • Idoso morre após ser atropelado por carro em Presidente Prudente

Ainda segundo o BO, ele “confirmou que havia feito uso de bebida alcoólica, porem disse que não realizaria o exame do etilômetro”.

“Pela dinâmica deixada pelas marcas no local – frenagem, marcas de atrito ao solo, estilhaços do para-choque e da palheta do limpador de para-brisa, sangue aparentemente da vítima e seu par de tênis – foi possível concluir, em linha de princípio, que o condutor do veículo, que o condutor do veículo, após fazer a rotatória da Avenida 11 de Maio e acessar a Avenida Comendador Hiroshi Yoshio, descendo a via perdeu o controle do auto e subiu na calçada do lado direito e, em seguida, retornou para o leito carroçável onde a vítima estava acabando de atravessar, colhendo-a imediatamente e parando em seguida”, afirma a Polícia Civil no BO.

Uma testemunha relatou que estava na Avenida Hiroshi Yoshio e cumprimentou um senhor que “costumeiramente o via naquela região” e estava caminhando e passava pelo canteiro central. Após o cumprimento, ele ouviu um barulho de pneu estourando e, ao olhar para trás, presenciou quando um veículo atingia o idoso.

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

“Nitidamente viu que a vítima atingiu o para-brisa e saltou sobre o teto do veículo e, em seguida, o condutor do veículo freou o auto e a vítima caiu rolando para frente, distanciando-se do veículo; imediatamente se aproximou da vítima e notou que ela estava com bastante ferimentos, inclusive na cabeça, mas ainda tinha pulsação”, informa a corporação.

A testemunha ainda relatou que o motorista desceu do veículo e “estava muito apavorado, sem conseguir raciocinar direito, certamente por conta da situação e também porque ele apresentava estar alcoolizado, não conseguindo sequer achar o aparelho celular que procurava”.

Consta no registro policial que um homem se apresentou como médico e constatou que a vítima estava sem vida.

Os policiais militares questionaram o motorista se ele havia ingerido bebida alcoólica e ele afirmou que havia bebido três “latinhas”. A PM salientou que o condutor não tentou fugir do local, “chegando a dizer que não se importava com o que poderia acontecer com sua carteira de habilitação e com o veículo, mas sim queria que a vítima ficasse bem, lamentando muito pelo ocorrido e pelas consequências de seus atos”.

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

Idoso morreu após ser atropelado por carro em Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/g1

Não havia faixa de pedestre no local do acidente, mas que há a passagem a poucos metros.

O rapaz, de 27 anos, permaneceu em silêncio na Delegacia Participativa da Polícia Civil.

“Infere-se dos autos, em sede policial, que o delito foi praticado em sua forma culposa, e não na dolosa, ainda que sob a perspectiva do dolo eventual”, enfatizou a polícia.

Conforme o Boletim de Ocorrência, a embriaguez foi atestada pelo médico legista.



Fonte: G1

FACEBOOK

Contato Ouvinte:
(18) 3822-1218
(18) 99668-9200 (Whatsapp)
liberalfm@liberalfm.com.br

Contato Comercial:
(18) 3821-4340
luisjacon@liberalfm.com.br
luisjacon@hotmail.com

Onde Estamos:
Rua Monte Castelo, 941 – Centro,
Dracena – SP, CEP: 17900-000.

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Liberal FM - Todos os Direitos Reservados.