Sobe para sete o número de mortos em desabamento de caverna em SP


O Corpo de Bombeiros de São Paulo confirmou, no início da noite de hoje (31), o sétimo óbito no desabamento em uma gruta onde ocorria treinamento de bombeiros civis no município de Altinópolis, na região de Ribeirão Preto. Duas pessoas ainda permanecem desaparecidas.

Segundo a corporação, 28 pessoas participavam do curso para bombeiro civil, realizado no local pela empresa Real Life Treinamentos, quando o teto da gruta Duas Bocas caiu. Desse total, uma pessoa foi retirada ferida da caverna, duas ainda estão desaparecidas, sete morreram, e 18 saíram ilesas.

Unidades de resgate da capital paulista foram enviadas ao local, inclusive bombeiros com cães farejadores. Cerca de 75 bombeiros e 20 viaturas trabalho na operação.




Fonte: Agência Brasil

Piracema tem início nesta segunda-feira e restringe pesca em rios do Oeste Paulista |


Tem início nesta segunda-feira (1º) e segue até 28 de fevereiro o período de piracema 2021/2022. A Polícia Militar Ambiental destaca alguns pontos relevantes da Instrução Normativa nº 25/09 que regula a pesca no período de proteção à reprodução natural dos peixes, na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná.

Fiscalizações serão realizadas nos rios do Oeste Paulista durante o período da piracema — Foto: Cedida/ PM Ambiental

Está PROIBIDA a pesca para todas as categorias e modalidades nos seguintes locais:

– a menos de 500 metros de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto;

– até 1,5 mil a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimento hidrelétrico, e de mecanismos de transposição de peixes;

– até 1,5 mil a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras e demais locais previstos no artigo 3º da Instrução Normativa;

– no rio Tietê, no trecho compreendido entre a jusante da barragem da Usina de Nova Avanhandava até a foz do Ribeirão Palmeiras, no município de Buritama/SP;

– no rio Paranapanema, no trecho entre a barragem de Rosana/SP e a sua foz, na divisa dos Estados de São Paulo e Paraná (Porto Maringá);

– nos rios Aguapeí, do Peixe, Santo Anastácio, Anhumas, Xavantes, Arigó, Veado, Moinho e São José dos Dourados (afluentes do rio Paraná), Três Irmãos, Jacaré-Pepira e seus respectivos afluentes;

– nos corpos d’água de domínio dos Estados em que a legislação estadual específica assim o determinar;

– nos entornos do Parque Estadual Morro do Diabo; Parque Estadual do Rio do Peixe; Parque Estadual do Rio Aguapeí; Estação Ecológica do Mico-Leão-Preto.

Fiscalizações serão realizadas nos rios do Oeste Paulista durante o período da piracema — Foto: Cedida/ PM Ambiental

Também estão PROIBIDOS:

– a captura, o transporte e o armazenamento de espécies nativas, inclusive espécies utilizadas para fins ornamentais e de aquariofilia;

– o uso de materiais perfurantes, tais como: arpão, arbalete, fisga, bicheiro e lança;

– a utilização de animais aquáticos, inclusive peixes, camarões, caramujos, caranguejos, vivos ou mortos (inteiros ou em pedaços), como iscas, com exceção de peixes vivos de ocorrência natural da bacia hidrográfica, oriundos de criações, acompanhados de nota fiscal ou nota de produtor;

– o uso de trapiche ou plataforma flutuante de qualquer natureza, nos rios da bacia.

– a pesca em rios da Bacia, somente na modalidade desembarcada e utilizando linha de mão, caniço simples, vara com molinete ou carretilha, com o uso de iscas naturais e artificiais nas áreas não mencionadas no art. 3º da Instrução Normativa (a pesca embarcada somente nos lagos formados pelas Usinas Hidrelétricas);

– a captura e o transporte sem limite de cota para o pescador profissional, e cota de 10 quilos mais um exemplar para o pescador amador, no ato de fiscalização, somente das espécies não nativas (alóctones e exóticas) e híbridos tais como: apaiari, bagre-africano, black-bass, carpa, corvina ou pescada-do-Piauí, peixe-rei, sardinha-de-água-doce, piranha-preta, tilápias, tucunaré, zoiudo e híbridos, excetua-se desta permissão o piauçu;

– a pesca em reservatórios na modalidade embarcada e desembarcada, de espécies não nativas (alóctones e exóticas) e híbridos, com linha de mão ou vara, caniço simples, com molinete ou carretilha, com uso de iscas naturais e artificiais;

– o transporte de pescado ou material de pesca por via fluvial somente em locais cuja pesca embarcada seja permitida;

Segundo a polícia, a Instrução Normativa não se aplica ao pescado proveniente de piscicultura ou pesquepague/pesqueiro, registrado no órgão competente e cadastrado no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), devendo estar acompanhado de nota fiscal.

O Policiamento Ambiental realizará também fiscalização dos estoques de peixes in natura, resfriados ou congelados, provenientes de águas continentais, armazenados por pescadores profissionais e os existentes nas colônias e associações de pescadores, nos frigoríficos, nas peixarias, nos entrepostos, nos postos de venda, nos hotéis, nos restaurantes, nos bares e similares, vez que o prazo máximo fixado para declaração dos estoques é o segundo dia útil após o início do defeso.

A PM reforça que o valor mínimo de multa em caso de descumprimento da Instrução Normativa nº 25 é de R$ 1 mil, havendo também providências quanto ao crime ambiental (Delegacia de Polícia) e apreensão dos instrumentos, petrechos produtos, embarcações ou veículos utilizados na prática direta da infração.

Aos infratores dos dispositivos relacionados na norma mencionada serão aplicadas as penalidades e sanções previstas na Lei n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, no Decreto n° 6.514, de 22 de julho de 2008 e demais legislações específicas.

Denúncias de crimes ambientais poderão ser feitas pelo telefone 181, telefone de emergência, 190 ou pelo site.




Fonte: G1

Cinco bandidos armados invadem chácara em Panorama, agridem família e roubam R$ 13 mil |


Um casal de idosos e a filha foram vítimas de um roubo, em uma chácara próxima ao município de Panorama (SP), neste final de semana. Segundo informações do delegado Alessandro Neves Baroni, cinco indivíduos armados invadiram a residência e roubaram R$ 13 mil, aparelhos eletrônicos e o veículo da família. A ocorrência foi registrada na madrugada deste sábado (30).

Durante o roubo, as vítimas foram agredidas fisicamente. Antes de fugirem, os bandidos amordaçaram e amarraram a família.

Perto de Presidente Venceslau, ainda de acordo com o delegado, policiais militares avistaram os indivíduos em fuga e iniciaram uma perseguição. Diante disso, os bandidos abandonaram o veículo e fugiram. Eles ainda não foram localizados.

O veículo das vítimas foi recuperado, e as investigações continuam com o objetivo de localizar os bandidos e demais pertences da família. O casal e a filha foram encaminhados ao pronto socorro da cidade e passam bem.




Fonte: G1

Bombeiros confirmam uma morte no desabamento em gruta de SP


O Corpo de Bombeiros militar do estado de São Paulo confirmou, na tarde de hoje (31), a morte de uma pessoa ocorrida no desabamento em uma gruta onde ocorria treinamento de bombeiros civis no município de Altinópolis, na região de Ribeirão Preto. Oito pessoas ainda permanecem desaparecidas.

O corpo de bombeiros retificou o nome da caverna onde ocorreu o acidente como gruta Duas Bocas – inicialmente havia informado como gruta Itambé.

Números atualizados

Os números das pessoas envolvidas no desabamento também foram atualizados pela corporação. No total, 28 pessoas participavam do curso de bombeiro civil realizado no local pela empresa Real Life Treinamentos, e não 26, como informado anteriormente. Uma pessoa foi retirada ferida da caverna (e não três, como informado pelos bombeiros inicialmente), oito ainda estão desaparecidas, uma morreu e 18 saíram ilesas.

No momento, a ocorrência é atendida por 75 bombeiros e 20 viaturas. Unidades de resgate da capital paulista foram enviadas ao local, inclusive bombeiros com cães farejadores.




Fonte: Agência Brasil

Itamaraty quer empenho em investigações a assalto em consulado no Rio


O Ministério das Relações Exteriores divulgou, neste domingo (31), nota de solidariedade ao cônsul-geral de Portugal no Rio, embaixador Luiz Gaspar da Silva. Ele e sua família foram feitos reféns durante assalto ao consulado no Rio, ocorrido na madrugada de ontem (30).

Segundo o comunicado, o chanceler Carlos França telefonou ao ministro de Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, e garantiu-lhe o máximo empenho das autoridades brasileiras na investigação. “O Ministério das Relações Exteriores acompanha o tema com atenção, auxiliando as investigações, e mantém contato com a embaixada e os consulados de Portugal para oferecer o apoio cabível”, diz a nota.

De acordo com o Itamaraty, o governo brasileiro está seguindo as obrigações elencadas na Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, sobretudo a de garantir a segurança de embaixadas e repartições consulares instaladas em território nacional.

“As relações luso-brasileiras são fortes e baseiam-se na profunda ligação entre os povos e na boa colaboração entre os governos”, finaliza o comunicado.

Investigações

A 10ª Delegacia Policial de Botafogo, no Rio, investiga o caso. O assalto ao Consulado-Geral da Portugal ocorreu na madrugada deste sábado (30). A perícia no local foi realizada e imagens de câmeras de segurança requisitadas.

De acordo com a polícia, durante buscas de indícios relacionados ao fato, os agentes encontraram um boné e duas máscaras de proteção facial em mata próxima ao consulado. As diligências seguem em andamento para identificar a autoria do crime, afirmou a polícia.




Fonte: Agência Brasil

Itamaraty quer empenho nas investigações a assalto em consulado no Rio


O Ministério das Relações Exteriores divulgou, neste domingo (31), nota de solidariedade ao cônsul-geral de Portugal no Rio, embaixador Luiz Gaspar da Silva. Ele e sua família foram feitos reféns durante assalto ao consulado no Rio, ocorrido na madrugada de ontem (30).

Segundo o comunicado, o chanceler Carlos França telefonou ao ministro de Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, e garantiu-lhe o máximo empenho das autoridades brasileiras na investigação. “O Ministério das Relações Exteriores acompanha o tema com atenção, auxiliando as investigações, e mantém contato com a embaixada e os consulados de Portugal para oferecer o apoio cabível”, diz a nota.

De acordo com o Itamaraty, o governo brasileiro está seguindo as obrigações elencadas na Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, sobretudo a de garantir a segurança de embaixadas e repartições consulares instaladas em território nacional.

“As relações luso-brasileiras são fortes e baseiam-se na profunda ligação entre os povos e na boa colaboração entre os governos”, finaliza o comunicado.

Investigações

A 10ª Delegacia Policial de Botafogo, no Rio, investiga o caso. O assalto ao Consulado-Geral da Portugal ocorreu na madrugada deste sábado (30). A perícia no local foi realizada e imagens de câmeras de segurança, requisitadas.

De acordo com a polícia, durante buscas de indícios relacionados ao fato, os agentes encontraram um boné e duas máscaras de proteção facial em mata próxima ao consulado. As diligências seguem em andamento para identificar a autoria do crime, afirmou a polícia.




Fonte: Agência Brasil

Operação deixa 25 suspeitos de roubo mortos no sul de Minas


Uma operação conjunta da Polícia Militar (PM) de Minas Gerais e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deixou 25 suspeitos de assaltos a banco mortos na manhã de hoje (31) em Varginha, no sul de Minas. Segundo a PM, no momento da aproximação com os suspeitos, houve intensa troca de tiros.

De acordo com a capitã Layla, porta-voz da PM de Minas Gerais, essa é possivelmente a maior operação no país de combate ao chamado “novo cangaço”.

“Muitos infratores estariam na tentativa de roubo a banco na data provavelmente de amanhã ou hoje e foram surpreendidos por nosso serviço de inteligência integrado com a Polícia Rodoviária Federal. Foi uma ação conjunta PRF e PM que resultou na apreensão de forte armamento, além de explosivos, coletes balísticos, fuzis, escopetas calibre 12, muita munição”, disse a policial, em vídeo publicado na conta oficial da corporação no Facebook.

“Ações como essa sempre serão pautadas dentro da legalidade e a gente só fez aqui foi responder à altura ao risco que nossos policiais militares sofreram”, completou a porta-voz.




Fonte: Agência Brasil

Colisão entre veículo e caminhão deixa duas pessoas feridas na Rodovia Raposo Tavares, em Presidente Prudente |


Com o impacto, o condutor do carro, de 50 anos, teve ferimentos graves, e o passageiro, de 37 anos, ficou ferido levemente. Os dois foram socorridos e levados ao Hospital Regional de Presidente Prudente.

O trânsito teve que ser modificado pontualmente, fluindo através do acostamento, até a finalização da perícia no local e nos veículos, que deve apontar as causas do acidente.




Fonte: G1

Nove pessoas seguem desaparecidas após desabamento em caverna


Atualização do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo informa que nove pessoas ainda estão desaparecidas após o desabamento, na madrugada de hoje (31), de uma gruta onde ocorria treinamento de bombeiros civis no município de Altinópolis, região de Ribeirão Preto.

Segundo a corporação, das 26 pessoas que participavam do curso, realizado pela empresa Real Life Treinamentos na caverna Itambé, 14 saíram ilesas, três ficaram feridas e foram retiradas com fraturas e hipotermia e nove estão desaparecidas. 

O resgate está sendo feito por 20 bombeiros e seis viaturas, com auxílio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da polícia. Equipes da capital paulista estão sendo enviadas ao local, inclusive unidades do canil do corpo de bombeiros.




Fonte: Agência Brasil

Após colidir com placa de sinalização em rodovia e recusar teste do bafômetro, motorista é autuado em quase R$ 3 mil




Acidente foi registrado neste domingo (31), em trecho da Raposa Tavares, em Piquerobi. Homem também teve a CNH recolhida. Homem de 55 anos colidiu veículo com placa de sinalização na Rodovia Raposo Tavares
Cedida/PM Rodoviária
Na madrugada deste domingo (31), um homem de 55 anos colidiu o veículo que conduzia pela Rodovia Raposo Tavares com uma placa de sinalização de trânsito. A ocorrência foi registrada no município de Piquerobi (SP).
Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, uma equipe, por volta das 5h30 deste domingo, foi solicitada para atender o acidente. Os policiais pediram o auxílio da concessionária que administra a rodovia para o resgate do motorista, que não teve ferimentos.
O homem foi submetido ao teste do bafômetro, porém, segundo a polícia, ele recusou. Por isso, foi autuado em quase R$ 3 mil e teve a Carteira Nacional de Habilitação recolhida. Já o veículo foi entregue a um responsável com carteira de habilitação.

Veja mais notícias em g1 .




Fonte: G1