AO VIVO
Auto Programação
Liberal FM

FONE LIBERAL

WHATSAPP LIBERAL

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Mitos e verdades sobre investimentos para otimizar a carteira | Especial Publicitário Sicredi


Um número cada vez maior de brasileiros tem se interessado por investimentos. Dados divulgados pela B3, a bolsa de valores brasileira, apontam que, em 2018, o número de investidores era de 814 mil e, em dezembro de 2020, foi atingida a marca de 3,2 milhões, representando um aumento de quase 300%. No primeiro semestre de 2021, esse crescimento foi de 17%, sendo 500 mil novos investidores no 1º semestre de 2021.

O diretor Executivo da Sicredi Rio Paraná PR/SP, Vanderlei Oliveira, avalia que, para quem está começando a investir ou tem interesse na área, é comum se deparar com algumas dúvidas e preferir iniciar com opções mais conservadoras.

“Existem várias alternativas no mercado que vão desde produtos financeiros de renda fixa, passando pelos fundos de renda fixa e variável, como o fundo de inflação e os fundos multimercado, até opções para perfis mais arrojados, com os quais é necessário possuir uma visão de médio e longo prazos”, destaca.

O executivo ainda lembra que o mais importante para quem está começando a investir é buscar informações adequadas para evitar ilusões e alguns mitos. “Os investimentos ainda são uma novidade para muitas pessoas. Por isso, é comum a gente ouvir dúvidas que refletem alguns mitos que ainda cercam o tema. Buscar uma instituição financeira confiável e a ajuda de um especialista são medidas essenciais para fazer as escolhas certas e alcançar a melhor rentabilidade”, explica.

Legenda: Tire suas dúvidas sobre investimento no Sicredi.  — Foto: Divulgação

Legenda: Tire suas dúvidas sobre investimento no Sicredi. — Foto: Divulgação

1. É necessário ter muito dinheiro para começar a investir.
Mito. Independente do valor, o importante é começar. “Existem boas opções para iniciar uma carteira de investimentos com um pouco por mês, como a poupança. Mesmo sem ter grandes volumes, alguns investidores preferem diversificar a carteira, aplicando um pouco em cada produto, visando maior rentabilidade”, comenta.

2. Sacar o investimento no fim do ano evita que conste no IR.
Mito. De acordo com a Receita Federal, os resgates não isentam as declarações por parte dos investidores. “O contribuinte precisa lançar todas as suas aplicações financeiras na declaração do Imposto de Renda, mesmo que tenha feito a retirada ao longo do ano. O fato gerador do IR é o resgate. Por isso, o saque nos últimos meses do ano não garante nenhum benefício”, explica Vanderlei.

3. Vou perder dinheiro se sacar a aplicação no fim do ano.
Verdade. Se o investidor optar por resgatar a aplicação financeira no fim do ano e reaplicar no ano seguinte, vai perder o benefício da redução do IR. “As alíquotas do Imposto de Renda sobre depósitos a prazo e os fundos de renda fixa, multimercados ou cambial são decrescentes, de acordo com a permanência da aplicação. Quanto maior o tempo de permanência dos recursos, sem resgates, menor a alíquota do IR e, portanto, maior a remuneração para o investidor”, explica o especialista, que ainda reforça: “Ao reaplicar os recursos, o investidor será tributado pela maior alíquota. Nesse caso, os Fundos de Ações são uma exceção, com tarifa única de 15%”.

4. Cooperativas de crédito oferecem opções de investimentos.
Verdade. Além do amplo portfólio, o associado da instituição financeira cooperativa conta com vantagens como a participação nos resultados gerados pela cooperativa, além do relacionamento mais próximo. “Nos últimos anos, o Sicredi tem se destacado em qualidade de gestão de investimentos. A Asset do Sicredi é responsável pela gestão de mais de R$50 bilhões e possui rating “Forte” pela Fitch Ratings, principal agência de classificação de risco de crédito do mundo”, pontua.

5. Instituições financeiras informam as movimentações à Receita Federal.
Verdade. Todas as instituições financeiras, incluindo as cooperativas de crédito, precisam informar anualmente os valores de IR retidos na fonte, incidentes sobre o ganho em aplicações financeiras resgatadas. “As instituições financeiras também apresentam semestralmente a E-Financeira, com informações sobre operações em contas de depósito à vista, a prazo, poupança, operações de câmbio, consórcios ou fundos de investimentos”, esclarece.

Quer conhecer seu perfil de investidor? Então acesse esse site e descubra.
https://www.sicredi.com.br/sites/investindojuntos/

Legenda: Procure um gerente Sicredi para encontrar o seu perfil de investidor — Foto: Divulgação

Legenda: Procure um gerente Sicredi para encontrar o seu perfil de investidor — Foto: Divulgação

Sicredi oferece opções de investimentos para diferentes perfis: conservadores, moderados, arrojados e agressivos

As cooperativas de crédito oferecem diversas opções de investimentos. O Sicredi tem um amplo portfólio de produtos, com alternativas que atendem de investidores conservadores – que buscam menor rentabilidade e maior segurança – até os mais arrojados.

“Quem se associa e investe na instituição, além de receber o rendimento dos valores aplicados, consegue ter maior lucratividade porque passa a fazer parte do quadro social da instituição (um associado) e, portanto, participa dos resultados (lucros da cooperativa) gerados no final do ano”, diz o diretor executivo da Sicredi Rio Paraná PR/SP, Vanderlei Oliveira. Ele lembra ainda que este é um grande diferencial das cooperativas. Com o Sicredi o associado ganha duas vezes: no rendimento da aplicação e também na parcela do resultado da cooperativa que retorna a ele”, esclarece.

Para perfis conservadores, a instituição recomenda as opções de renda fixa. A poupança, que tem rentabilidade menor, mas em contrapartida apresenta maior segurança, é a mais simples.

Outros dois produtos financeiros de renda fixa sugeridos a conservadores são o RDC (Recibo de Depósito Cooperativo), semelhante ao CDB (Certificado de Depósito Bancário), e o Sicredinvest. Ambos são atrelados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), indexador referência que determina a rentabilidade mínima de um investimento e costuma acompanhar a Selic, taxa básica de juros. Quanto maior o tempo de permanência dessas aplicações, maior a rentabilidade. O período mínimo é de 30 dias.

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), com percentual atrelado ao CDI, também é uma opção de renda fixa sugerida. A diferença entre essa opção de investimento, o RDC e o Sicredinvest é que, a LCA é isenta tributação de Imposto de Renda (IR) para pessoa física. “Então, como não tem IR, essa opção acaba tendo uma rentabilidade ainda maior”, relata o diretor.

Para o investidor moderado, o Sicredi oferece investimentos em fundos de renda fixa e variável, como o fundo de inflação e os fundos multimercado. São opções com maior volatilidade, todavia apresentam uma rentabilidade acima da Selic. O fundo de inflação, por exemplo, busca rentabilidade do indicador IMA-B, composto por vários títulos públicos federais. “É indicado para aquele investidor que procura retorno de aplicações em médio e longo prazo”, esclarece.

Já o fundo multimercado diversifica o investimento do associado em renda fixa e variável e é caracterizado por não concentrar as aplicações em nenhum fator de risco em especial. “É um fundo que o gestor pode mudar as suas posições ao longo do mês, conforme a movimentação do mercado, trazendo boa rentabilidade para o investidor”, afirma Vanderlei.

Para perfis mais arrojados ou agressivos de investidores, o Sicredi tem fundos que podem apresentar uma rentabilidade maior em longo prazo. Umas das opções é o fundo Ibovespa, que busca ultrapassar a rentabilidade do índice Bovespa – Ibovespa e proporciona resultados futuros. A aplicação inicial mínima nesse título é R$ 500.

Outra sugestão é o fundo Petrobras, que acompanha o desenvolvimento das ações da Petróleo Brasileiro S.A – Petrobras. Essa alternativa busca investir 90% dos recursos do investidor na companhia petrolífera e 10% em títulos de renda fixa do Tesouro Nacional. A aplicação inicial deve ser de R$ 200.

“Em investimentos de renda variável como esses, cuja volatilidade é maior, o investidor precisa ter mais cautela e perseguir uma visão de médio e longo prazo, pois como o próprio nome diz, a renda é variável, ou seja, oscila de acordo com o indexador do fundo”, alerta Vanderlei, ressaltando que no site do Sicredi é possível acompanhar a lucratividade dos títulos no dia, mês e no acumulado dos últimos 12, 24 ou 36 meses.

O diretor ainda reforça o papel de aconselhamento dos gerentes regionalmente: “como nada substitui uma boa conversa, especialmente quando se trata de investimentos e todas as suas variações recomendamos que todos que se interessem procurem se informar e também procurem uma agência do Sicredi para conversar com os nossos gerentes”.

Campanha irá sortear R$ 2,5 milhões até o fim do ano

Campanha irá sortear R$ 2,5 milhões até o fim do ano

Poupança Premiada Sicredi, onde você pode poupar e ganhar

A pandemia tem reforçado a importância do planejamento financeiro com a organização do orçamento e a economia de recursos. Nesse contexto, e para seguir incentivando os brasileiros a pouparem, o Sicredi possui a campanha “Poupança Premiada” – ação realizada nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, que vai distribuir R$ 2,5 milhões em prêmios aos associados.

A promoção segue até dezembro com 200 sorteios semanais de R$ 5 mil. Todas as segundas-feiras são cinco ganhadores, com o primeiro sorteio no dia 22 de março. A campanha também tem um prêmio especial de R$ 500 mil, que será entregue no dia 31 de outubro, celebrando o Dia Internacional da Poupança – além do grande sorteio final de R$ 1 milhão, no dia 20 de dezembro.

Participar é simples – A cada R$ 100 aplicados na poupança do Sicredi é gerado um número da sorte para concorrer aos sorteios que acontecem pela Loteria Federal. Se as aplicações forem na modalidade programada (quando o poupador autoriza o débito programado mensalmente em sua conta), as chances de ganhar são em dobro.

Os números da sorte podem ser visualizados no site da campanha www.poupancapremiadasicredi.com.br, onde o poupador também confere conteúdos específicos, conhece o regulamento, vencedores e outras informações sobre o Sicredi.


FACEBOOK

Contato Ouvinte:
(18) 3822-1218
(18) 99668-9200 (Whatsapp)
liberalfm@liberalfm.com.br

Contato Comercial:
(18) 3821-4340
luisjacon@liberalfm.com.br
luisjacon@hotmail.com

Onde Estamos:
Rua Monte Castelo, 941 – Centro,
Dracena – SP, CEP: 17900-000.

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Liberal FM - Todos os Direitos Reservados.