AO VIVO
Auto Programação
Liberal FM

FONE LIBERAL

WHATSAPP LIBERAL

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

O medo de amar


É comum ouvirmos pessoas, dentro ou fora dos consultórios, falarem de suas vidas amorosas. Mesmo num mundo competitivo, muitas vezes marcado pela violência, as pessoas continuam buscando relações satisfatórias. O amor sempre esteve em alta.

No entanto, há aquelas que evitam amar e sabotam as relações criando barreiras para as mesmas. Justificam que só se relacionam com pessoas erradas, atribuindo ao outro a culpa do fracasso amoroso e não às armadilhadas mentais criadas por ela mesma ou à repetição de suas escolhas.

O que há por trás deste comportamento defensivo? Há algumas razões e, dentre elas, podemos citar a baixa autoestima como uma das principais causas. A autoestima é o valor que atribuímos a nós mesmos, construída a partir de experiências pessoais desde a infância, mesmo que inconsciente. Uma pessoa com baixa autoestima, por não confiar no próprio potencial, considera que não tem nada de atrativo para oferecer ao outro, pois se sente inferior, quer seja na beleza, no aspecto social, econômico ou intelectual.

O medo de amar também pode ser fruto de alguma experiência passada que causou muito sofrimento como relacionamentos abusivos, vivências de traição, de rejeição ou de abandono na infância, mas que não foram elaboradas. Assim, diante da possibilidade de ser rejeitada novamente, não se aprofunda na relação. Há ainda aquelas que sempre atuam de forma racional, suprimindo os sentimentos, pois consideram que demonstra-los é sinal de fraqueza.

Claro que nem sempre tais comportamentos são conscientes. De qualquer forma, a falta de estrutura interna torna a pessoa vulnerável à rejeição num processo que se transforma em culpa (“eu sempre faço algo errado”), em baixa autoestima (“não tenho nada de bom”) ou em isolamento (“melhor não me aproximar de mais ninguém pra não ser rejeitado de novo”).

É importante ter em mente que ninguém está imune a não ter uma relação amorosa insatisfatória, assim como inúmeras situações que ocorrem na vida. Nem tudo está sob nosso controle. Porém, é importante nos conscientizamos disso. Saber amar a si mesmo deve ser uma prática diária e o caminho para superação do medo de amar passa pelo autoconhecimento, pela atenção às nossas necessidades e desejos e pela observação das crenças sobre si que, quando negativas, desencadeia sentimentos de rejeição. É preciso aprender a respeitar a si mesmo para assim compartilhar esse amor com o outro.

Créditos: Joselene L. Alvim- psicóloga


FACEBOOK

Contato Ouvinte:
(18) 3822-1218
(18) 99668-9200 (Whatsapp)
liberalfm@liberalfm.com.br

Contato Comercial:
(18) 3821-4340
luisjacon@liberalfm.com.br
luisjacon@hotmail.com

Onde Estamos:
Rua Monte Castelo, 941 – Centro,
Dracena – SP, CEP: 17900-000.

BAIXE NOSSO APP

MÍDIAS SOCIAIS

Liberal FM - Todos os Direitos Reservados.